‘Todo mundo está apavorado’ – chefe do ICAN critica Putin por ‘chantagem’ nuclear



  • Vladimir Putin está chantageando com o mundo com armas nucleares, diz a chefe do ICAN, Beatrice Fihn.
  • O presidente russo lançou uma invasão da Ucrânia.
  • O estoque de armas nucleares de Putin significa que outros países têm medo de ajudar.

O presidente russo, Vladimir Putin, está usando “chantagem” nuclear para impedir que a comunidade internacional interfira na invasão da Ucrânia, disse o chefe do grupo ganhador do prêmio Nobel ICAN.

AO VIVO | Rússia promete ‘silêncio’ para ucranianos fugirem de cidades atingidas, petróleo aumenta ainda mais

“Este é um dos momentos mais assustadores quando se trata de armas nucleares”, disse Beatrice Fihn, que lidera a Campanha Internacional para a Abolição das Armas Nucleares, em entrevista à AFP na terça-feira.

A sueca de 40 anos, que liderou os esforços globais do grupo para banir as armas de destruição em massa desde 2013, disse que nunca em sua vida viu o nível de ameaça nuclear tão alto.

“É incrivelmente preocupante e esmagador.”

Poucos dias depois que a Rússia lançou sua invasão em grande escala de seu vizinho pró-ocidente em 24 de fevereiro, Putin ordenou que as forças nucleares de seu país fossem colocadas em alerta máximo, provocando alarme global.

LEIA | ‘Assassinato em massa de civis ucranianos’ – Primeira-dama da Ucrânia condena invasão russa

Dirigindo-se ao Congresso dos EUA na terça-feira, Avril Haines, diretora de inteligência nacional dos EUA, descreveu o movimento de Putin como “extremamente incomum”.

“Não vimos um anúncio público dos russos sobre um estado de alerta nuclear elevado desde a década de 1960”, ressaltou.

‘Malicioso e maligno’

Fihn descreveu o movimento como “extremamente perigoso”.

Ela disse:

Isso não é apenas para incutir medo no mundo inteiro; também tem o objetivo de assustar qualquer pessoa de ajudar na Ucrânia.

Os países durante a Guerra Fria argumentaram que grandes arsenais nucleares serviram como impedimentos, ajudando a evitar conflitos. Agora Moscou estava usando seu arsenal para permitir o conflito, disse ela.

“A Rússia está usando isso quase para chantagear, para poder invadir a Ucrânia, e ninguém pode interferir.”

A ameaça nuclear “agora está sendo usada de maneira extremamente maliciosa e maldosa, para… permitir uma invasão ilegal de um país que não possui armas nucleares”.

Putin realmente usaria armas nucleares? Fihn enfatizou que ela ainda não achava que isso fosse provável.

Mas “não está descartado”, disse ela. “Estamos começando a temer que isso possa acontecer.”

Mas mesmo que não haja um plano para realmente usar essas armas, com as tensões aumentando, “os mal-entendidos podem aumentar rapidamente e podemos tropeçar no uso nuclear por acidente”, alertou.

Fihn disse que recebeu inúmeras mensagens de pessoas perguntando como falar com seus filhos sobre a ameaça.

“Todo mundo está aterrorizado agora”, disse ela, reconhecendo que a situação também a estava afetando.

“Passei a última década falando sobre o que acontece quando uma arma nuclear é usada, o que acontece com os corpos, o que acontece com as cidades”, disse ela.

Ela adicionou:

Estou achando muito difícil falar sobre isso agora.

Mas Fihn espera que a crise atual sirva como um alerta que levará os países ao desarmamento nuclear.

“Se sobrevivermos a isso, não teremos tanta sorte o tempo todo”, disse ela.

“Não podemos mais permitir que os países façam isso com outros países, (apenas) porque eles têm armas nucleares”.

O ICAN ganhou o Prêmio Nobel da Paz de 2017 por seu papel fundamental na redação do Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares, que entrou em vigor há um ano.

Cinquenta e nove países ratificaram o tratado e mais o assinaram.

Fihn destacou que o tratado proíbe os tipos de ameaças nucleares feitas pela Rússia, que não é parte dele. Tampouco se sabe que nenhum dos estados possui armas nucleares.

Mas a crise atual despertou um interesse crescente no tratado, disse ela.

“Sinto que há uma abertura agora para que possamos realmente começar a trabalhar para o desarmamento nuclear.”

Uma vez que o conflito termine, ela disse, a Rússia não deve ter permissão para manter seu atual arsenal nuclear.

“Eles vão ter que fazer alguma coisa… para poder voltar à comunidade internacional novamente, e o desarmamento nuclear deveria ser isso.”


Queremos ouvir sua opinião sobre as notícias. Inscreva-se no News24 para fazer parte da conversa na seção de comentários deste artigo.



Source link

You May Also Like